🦁🙌🏾🙌🏾🦁

The oldest traditional game in the world.

The game better known by Bantu people as the makala game.
Some historians say the Makala game originated in the Central African regions, but in fact remains a mystery to many.

But as I’ve been watching the movie about the “black gold” of the Arab world, I noticed that some people were playing the game of “makala” in holes made in the ground in the manner of the Bantu people in Africa central and south. So I said how could it be? From there I came to the conclusion that it was Bantu who brought this type of game to Africa.
Because the Bantu is the only black people in central and southern Africa who speak a language very similar to Semitic Hebrew language and have the same traditional customs as the ancient Semitic peoples of the regions now known as the Middle East.
So the Bantu brought this kind of game to Central and southern Africa, when he migrated from the north east Africa, Israel, as the prophet Zephaniah 3:10 predicted, that the people of the Almighty in the future would be scattered dwelling the region beyond the rivers of Kush, the modern Sudan. It is difficult for historians to understand if they do not know that Bantu is a Semitic people. The Hamite peoples in Africa do not have this type of game, only the black Bantu and descendants.

Game Reports:

Nabataeans
Copyright CanBooks 2003

At the Second Annual Conference for Nabataean Studies, Dr. Bilal Khrisat of the Hashemite University presented a paper that introduced the conference to the various board games that are found in ancient Petra. That paper also introduced us, (nabataea.net) to this fascinating aspect about Petra. In response to Dr. Khrisat’s studies, we here at Nabataea.net have started to search through Petra and other Nabataean sites to learn about these games and try and find how they were played. In order to do this, we first did some basic research into ancient games, so we would be better informed about what we might be looking at as we searched Nabataean sites. Second, we rounded up several Nabataea.net activists and made several sweeping tours of Petra. Instead of looking up at the marvelous monuments, we kept our heads down, and scoured the ground. It was an exciting activity because game boards started popping up all over the place. Third, we then visited other Nabataean sites to look for board games and fourth, we solicited the help of folk at CanBook’s Game Division. Kenneth Betts, the game logistics expert and others then worked hard at trying to reconcile the game boards we found with what is known about ancient games, to see if we could figure out how they might have been played. The initial results have now been written up in this paper. Many of the pictures we took are found on the web page Petra, City of Board Games.

The Nabataean Game
Throughout Petra and in other Nabataean sites, we discovered that the most common ancient board game was from a game played on a 4 x 12 or in some cases a 4 x 14 playing board. Each of the playing spots was actually a small cup carved into the rock. (See below)
4 X 12 board
Left: you can see a typical 4 x 12 playing board. This one was found near the Dier monument in Petra, and is typical of the most common type of game in ancient Petra. Other game boards included: 7 x 7 and 7 x 8 layouts as well as 8 x 14. (For more pictures, see Petra: City of Board Games)

As we researched these game boards, several suggestions were made as to what they could have been.

Mancala
Mancala has its origins in either Africa or the Arab world, depending on which scholar’s theory you choose to believe. Some of the oldest evidence is found in the National Geographic sponsored archaeological diggings that searched back to 7,000 to 5,000 BC in present-day Jordan. Excavations of an ancient house uncovered a limestone slab with two parallel rows of circular depressions. The layout was easily recognizable to an archaeologist on the dig as a Mancala playing board. Murray, a noted scholar, traced the origins to ancient Egypt’s Empire Age (about the 15th to 11th centuries BC). Many experts surmise that Mancala may in fact be the oldest board game ever.

The earliest recorded writings describing the game were found in references to mancala in Arab religious texts dating to the Middle Ages. Some scholars believe that the game originated in the Middle East and spread from there to Africa. Then, the game spread to Asia with Arab traders and much later came to the Caribbean around 1640 via the African slave trade. Other experts try and place the origins in Central Africa.

🦁🙌🏾🙌🏾🦁
PORTUGUES:

Makala, o jogo tradicional mais antigo do mundo.

O jogo mais conhecido pelo povo Bantu como o jogo makala.
Alguns historiadores dizem que o jogo Makala se originou nas regiões da África Central, mas na verdade continua sendo um mistério para muitos.

Mas enquanto eu assistia ao filme sobre o “ouro negro” do mundo árabe, notei que algumas pessoas estavam jogando o jogo de “makala” em buracos feitos no chão, à maneira do povo Bantu na África central e sul. Então eu disse como poderia ser?
De lá, cheguei à conclusão de que foi Bantu quem trouxe esse tipo de jogo para a África. Porque o Bantu é o único povo negro da África Central e Austral que fala uma língua muito semelhante à do hebraico semita e tem os mesmos costumes tradicionais dos antigos povos semitas das regiões hoje conhecidas como Oriente Médio.
Assim, o Bantu trouxe esse tipo de jogo para a África central e sul, quando migrou do nordeste da África, Israel, como o profeta Sofonias 3:10 previu, que o povo do Todo-Poderoso no futuro estaria espalhado habitando a região além os rios de Kush, o Sudão moderno. É difícil para os historiadores entenderem se eles não sabem que Bantu é um povo Semita. Os povos camitas da África não têm esse tipo de jogo, somente os bantus e descendentes.

Relatós do jogo:

Nabateanos
Copyright CanBooks 2003
Na Segunda Conferência Anual de Estudos Nabatenses, o Dr. Bilal Khrisat da Universidade Hashemite apresentou um artigo que apresentou a conferência aos vários jogos de tabuleiro encontrados na antiga Petra. Esse artigo também nos apresentou, (nabataea.net) a esse fascinante aspecto sobre Petra. Em resposta aos estudos do Dr. Khrisat, nós aqui na Nabataea.net começamos a pesquisar através de Petra e outros sites nabateanos para aprender sobre esses jogos e tentar descobrir como eles foram jogados. Para fazer isso, primeiro fizemos algumas pesquisas básicas sobre jogos antigos, então estaríamos melhor informados sobre o que estaríamos olhando quando pesquisamos sites Nabataean. Em segundo lugar, reunimos vários ativistas da Nabataea.net e fizemos vários passeios de Petra. Em vez de olhar para os maravilhosos monumentos, mantivemos nossas cabeças para baixo e limpamos o chão. Foi uma atividade excitante, porque as placas de jogo começaram a surgir em todo o lugar. Em terceiro lugar, visitamos outros sites de Nabataean para procurar jogos de tabuleiro e, em quarto lugar, solicitamos a ajuda de folk na Divisão de jogos do CanBook. Kenneth Betts, o especialista em logística do jogo e outros, então, trabalharam duro na tentativa de conciliar as placas de jogo que encontramos com o que se sabe sobre jogos antigos, para ver se podemos descobrir como eles podem ter sido jogados. Os resultados iniciais já foram redigidos neste artigo. Muitas das fotos que tiramos são encontradas na página web Petra, City of Board Games.

O jogo Nabataean
Ao longo de Petra e em outros sites Nabataean, descobrimos que o jogo de tabuleiro antigo mais comum era de um jogo jogado em um 4 x 12 ou, em alguns casos, um tabuleiro de 4 x 14. Cada um dos pontos de jogo era na verdade um pequeno copo esculpido na rocha. (Ver abaixo)
Placa 4 X 12
À esquerda: você pode ver uma placa de jogo típica de 4 x 12. Este foi encontrado perto do monumento Dier em Petra, e é típico do tipo de jogo mais comum na antiga Petra. Outras placas de jogo incluídas: layouts de 7 x 7 e 7 x 8, bem como 8 x 14. (Para mais fotos, veja Petra: City of Board Games)

Ao pesquisarmos esses quadros, várias sugestões foram feitas sobre o que poderiam ter sido.

Mancala
Mancala tem suas origens na África ou no mundo árabe, dependendo da teoria do erudito que você escolher acreditar. Algumas das evidências mais antigas são encontradas nas escavações arqueológicas patrocinadas pelo National Geographic, que procuraram entre 7.000 a 5.000 aC em Jordânia atual. As escavações de uma antiga casa descobriram uma laje de pedra calcária com duas fileiras paralelas de depressões circulares. O layout era facilmente reconhecível para um arqueólogo na escavação como um tabuleiro de Mancala. Murray, um notável erudito, rastreou as origens da antiga era do Império do Egito (cerca dos séculos XV a XI aC). Muitos especialistas consideram que Mancala pode, de fato, ser o jogo de tabuleiro mais antigo de todos os tempos.

Os primeiros escritos gravados que descrevem o jogo foram encontrados em referências a mancala em textos religiosos árabes datados da Idade Média. Alguns estudiosos acreditam que o jogo se originou no Oriente Médio e se espalhou para lá em África. Então, o jogo se espalhou para a Ásia com comerciantes árabes e muito mais tarde veio para o Caribe por volta de 1640 através do comércio de escravos africanos. Outros especialistas tentam colocar as origens na África Central.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here