Moab

The etymology of this word is uncertain for the so-called Bible scholars, and the only translation of this word is in the Koine Greek Septuagint, which means that the Bantu Hebrew language is the only one that can unravel this mystery with absolute certainty.
And why only in the Koine Greek Septuagint and, in the Bantu language, why? it is because the so-called Bantu is the mysterious Hebrew people that according to the prophecy would have been living in Central and South Africa in the last days and, in the land of the captive where they would be taken, Zephaniah 3: 10-20.

According to Wikipedia Moab means (“from my father”), and for a better understanding, that is right translation. Although the right answer would be ( from-father ), because the word Mo,or Mu means (from. indicates the origin) only in Hebrew Bantu, a Semitic language of Africa. and the words Ab, Aba, Abi, Abe, in all semitic language means (father).

This also means that the Bantu is the ancient people who once walked with the Most High, ALL POWERFUL, Isaiah 44: 7, and who has the witness of the Most High, the ALL POWERFUL to teach the good news to the modern world.

Moab
From Wikipedia, the free encyclopedia

This article is about a location in Jordan in the Middle East. For the city in Utah in the Western United States, see Moab, Utah. For other uses, see Moab (disambiguation).

Moab (/ˈmoʊæb/; Moabite: 𐤌𐤀𐤁‬ Māʾab; Hebrew: מוֹאָב‬, Modern Mō’av, Tiberian Mōʾāḇ; Ancient Greek: Μωάβ Mōáb; Assyrian: 𒈬𒀪𒁀𒀀𒀀 Mu’aba, 𒈠𒀪𒁀𒀀𒀀 Ma’ba, 𒈠𒀪𒀊 Ma’ab; Egyptian 𓈗𓇋𓃀𓅱𓈉 Mu’ibu) is the historical name for a mountainous tract of land in Jordan. The land lies alongside much of the eastern shore of the Dead Sea. The existence of the Kingdom of Moab is attested to by numerous archaeological findings, most notably the Mesha Stele, which describes the Moabite victory over an unnamed son of King Omri of Israel.[1] The Moabite capital was Dibon. According to the Hebrew Bible, Moab was often in conflict with its Israelite neighbours to the west.

Etymology

The etymology of the word Moab is uncertain. The earliest gloss is found in the Koine Greek Septuagint which explains the name, in obvious allusion to the account of Moab’s parentage, as ἐκ τοῦ πατρός μου (“from my father”). Other etymologies which have been proposed regard it as a corruption of “seed of a father”, or as a participial form from “to desire”, thus connoting “the desirable (land)”.[citation needed] Rashi explains the word Mo’ab to mean “from the father”, since ab in Hebrew and Arabic and the rest of the Semitic languages means “father”.

PORTUGUES:

Moabe

A etimologia dessa palavra é incerta para os assim chamados estudiosos da Bíblia, e a única tradução dessa palavra está na Septuaginta do grego koiné, o que significa que a língua hebraica banto é a única que pode desvendar esse mistério com absoluta certeza. E por que apenas na Septuaginta grega e na língua bantu, por quê? é porque o chamado Bantu é o misterioso povo hebreu que de acordo com a profecia teria vivido na África Central e do Sul nos últimos dias e, na terra do cativo onde eles seriam levados, Sofonias 3: 10- 20

De acordo com a Wikipedia, Moab significa (“do meu pai”), e para uma melhor compreensão, isso é tradução correta. Embora a resposta mas correta seria (do pai), porque a palavra Mo, ou Mu significa (do,ou de. Indica a origem) apenas em hebraico Bantu, uma língua semítica da África. e as palavras Ab, Aba, Abi, Abe, em todos os meios de linguagem semítica significa (pai).

Isso tambem significa que o Bantu é o povo antigo que antes andou com o Altíssimo, o TODO PODEROSO, Isaias 44:7,e que tem a testemunha de Altíssimo, o TODO PODEROSO para ensinar as boas novas ao mundo moderno.

Moabe
Da Wikipédia, a enciclopédia livre

Este artigo é sobre um local na Jordânia no Oriente Médio. Para a cidade em Utah, no oeste dos Estados Unidos, veja Moab, Utah. Para outros usos, veja Moab (disambiguation).

Moab (/ ˈmoʊæb /; Moabita: 𐤌𐤀𐤁 Māʾab; Hebraico: מוֹאָב, M M’av Moderno, Mōʾāḇ Tiberiano; Grego Antigo: Μωάβ Mōáb; Assírio: 𒈬𒀪𒁀𒀀𒀀 Mu’aba, 𒈠𒀪𒁀𒀀𒀀 Ma’ba, 𒈠𒀪𒀊 Ma’ab; Egípcio 𓈗𓇋𓃀𓅱𓈉 Mu’ibu) é o nome histórico de uma região montanhosa da Jordânia. A terra fica ao lado de grande parte da costa leste do Mar Morto. A existência do Reino de Moab é atestada por numerosos achados arqueológicos, mais notavelmente a Mesha Stele, que descreve a vitória moabita sobre um filho não identificado do rei Onri de Israel. [1] A capital moabita era Dibon. De acordo com a Bíblia hebraica, Moab estava muitas vezes em conflito com seus vizinhos israelitas no oeste.

Etimologia

A etimologia da palavra Moab é incerta. O primeiro gloss é encontrado na Septuaginta Grega Koine, que explica o nome, em óbvia alusão ao relato do parentesco de Moabe, como ἐκ τοῦ πατρός μου (“do meu pai”). Outras etimologias que foram propostas consideram-no como uma corrupção de “semente de um pai”, ou como uma forma participativa de “desejar”, conotando assim “o desejável (terra)”. [Carece de fontes?] Rashi explica a palavra Mo ‘ ab significa “do pai”, uma vez que ab em hebraico e árabe e o resto das línguas semíticas significa “pai”.

De acordo com Gênesis 19: 30–38, o ancestral dos moabitas era Lot por incesto com sua filha mais velha. Ela e sua irmã, tendo perdido seus noivos e sua mãe na destruição de Sodoma e Gomorra, decidiram continuar a linha do pai por meio de relações sexuais com o pai. A mais velha o embriagou para facilitar a ação e concebeu Moabe. A filha mais nova fez o mesmo e concebeu um filho chamado Benami, que se tornou antepassado dos amonitas. De acordo com o Livro de Jasher (24,24), Moabe teve quatro filhos – Ed, Mayon, Tarso e Kanvil – e sua esposa, cujo nome não é dado, é aparentemente de Canaã.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here